Autora Tinha 8 anos quando li pela primeira vez os Segredos da Atlântida, de Andrew Thomas, um livro de capa preta muito gasta e odores que marcavam bem a passagem do tempo. Via as fotos a preto e branco e sonhava com lugares longínquos, envoltos em mistério. Hoje olho para trás e penso em todos os sítios que conheço e que na altura não passavam de sonhos impossíveis de alcançar.

Observadora, atenta aos detalhes, gosto de ser surpreendida com pormenores que fazem a diferença e criam memórias. Apesar das viagens serem uma paixão, detesto fazer a mala, mas há coisas que nunca esqueço: uma bolsa a tiracolo, a máquina fotográfica, várias canetas e um caderno de capa dura, onde tomo a minhas notas.

As grandes viagens são importantes mas não tiro mérito aos lugares comuns. Quanto mais viajo, mais gosto de descobrir Lisboa e conhecer Portugal.

Bem vindos ao blogue e boas viagens.

1 comentário: