2 de novembro de 2017

Relais La Suvera: uma experiência memorável

Começou por ser uma fortaleza medieval e mais tarde adaptada a villa renascentista do Papa Júlio II. Hoje, além ser um dos mais bonitos alojamentos de luxo na Toscana, alberga um museu com peças da família Ricci e Massimo.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
Itália...Toscana… (suspiro). Sim. Suspiro sempre que penso neste país e nesta viagem. E um dos motivos é recordar La Suvera. Queria muito dormir num castelo. Não precisava de ser uma grande propriedade mas tinha de ter um ambiente de campo. Coincidência das coincidências, umas semanas antes de partir passou na RTP2 o filme “A Viagem a Itália” de Michael Winterbottom com Rob Brydon e Steve Coogan. Fiquei curiosa com um dos lugares e acabei no computador a investigar. O que vi deixou-me tão deslumbrada que não procurei mais. Era aqui que iria ficar.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
Atravesso Pievescola e seguindo a sinalética chego a La Suvera. Os típicos cedros continuam a lembrar-me que estou na Toscana e o ambiente campestre que procuro não desilude. Estaciono e rapidamente vêm recolher as malas. Check-in simpático e acompanhamento ao quarto com as informações gerais pelo caminho. Quando entro nem quero acreditar: parece uma antiga farmácia. Nem sei se me hei-de dedicar aos pormenores se correr para a janela e admirar a paisagem.
Começo pelo interior pensado ao detalhe. Encontro na secretária uma mensagem personalizada de boas vindas. Depois observo o típico armário em madeira com os boiões expostos, assim como o restante mobiliário perfeitamente enquadrado. A casa de banho não é muito grande (temos de ter em atenção as características do edifício) mas como tudo brilha parece ainda mais bonito. Os sabonetes emanam um aroma fantástico.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
Finalmente chego à janela, com portadas duplas que são mais para decoração do que proteção. Além dos pássaros e de algum hóspede que esteja a chegar, não há qualquer ruído. Da minha varanda tenho uma das melhores vistas para La Suvera.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
A Titta (cadela) e os vários gatos circulam livremente pelos jardins, sem qualquer receio de se aproximarem. Enroscam-se nas pernas e não desistem até receberem um afago. Na parte traseira da antiga fortaleza medieval acompanham os hóspedes nas leituras, saltando de sofá em sofá, qual deles o mais confortável. A piscina exterior já se encontra encerrada mas tudo está impecável. Os limoeiros decoram a área de descanso, juntamente com o parterre de buxo aparado e muito aromático.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
Mas La Suvera não é apenas um hotel. Dispõe de um espaço museológico com quadros, mobiliário e estatuária das famílias Ricci e Massimo, os atuais proprietários. Ao percorrer os corredores da Papal Villa percebi que não são apenas os quartos que estão decorados a preceito com um verdadeiro museu. Também aqui há artefactos de família, como quadros, cerâmicas, vestidos, fardas, chapéus e sapatos.
E como nesta viagem o melhor estava sempre para vir, o mesmo aconteceu aqui. Quando começo a subir a escadaria à procura do museu, passo pelo arquivo onde encontro o marquês Giuseppe Ricci que vem ao meu encontro e me acompanha numa visita guiada. Começou por me mostrar os vários quadros, incluindo o do Papa Júlio II, a estatuária e a sala de música. A biblioteca é magnífica, não só por todos os livros expostos, mas também pela decoração e fotografias, como a que está juntamente com a sua esposa, a princesa Eleonara Massimo com o Papa João Paulo II ou a foto de família da rainha Isabel II.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
Saímos até à varanda para contemplar uma vez mais a paisagem toscana e os jardins. Fala-me do trabalho desenvolvido desde que adquiriu a propriedade até ao momento em que abriu e do esforço que foi feito para a tornar num verdadeiro paraíso campestre.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
Regressamos ao arquivo onde se encontram documentos únicos e antiquíssimos. Descemos até ao jardim e espreitamos o SPA em estilo árabe, com uma piscina aquecida no que outrora foi uma antiga cisterna. Agradeço ao marquês a gentileza de me ter mostrado a sua casa, com a certeza de que nos iríamos encontrar novamente. Tinha sido um momento completamente inesperado mas ninguém melhor do que o marquês Giuseppe Ricci, sempre com grande humildade mas também orgulho, para me falar de tantos séculos de história de La Suvera. Juntei-me aos restantes hóspedes no jardim, a disfrutar de uma bebida e de um final de tarde quente de Outono. A caminho do quarto espreito ainda a igreja medieval. Está tudo pronto para o casamento de amanhã.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
O restaurante Oliviera está localizado num antigo lagar de azeite com a mó a ajudar à decoração. É um ambiente muito eclético, com vários estilos. Aqui comi o melhor prato de toda a minha viagem pela Toscana: uns capelettis recheados com cinta senese que estavam simplesmente fantásticos.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
A ideia era passar o resto da noite no Lemon Bar mas infelizmente encontrava-se encerrado. Foi o único ponto negativo a apontar, já que não houve alternativa a não ser regressar ao quarto. Mas com uma envolvência tão bonita e um aposento tão simpático, não pareceu assim tão má ideia.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
Acordar na Toscana parece-me cada dia melhor, especialmente quando a vista é para uma fonte coberta por um sino gigante (o marquês contou-me que antigamente esta água era naturalmente quente).
Regresso ao restaurante Oliviera que com a luz da manhã ainda é mais bonito: a esplanada pronta para quem quiser aproveitar as temperaturas amenas de outono, o cão junto à lareira, os candelabros e posso agora admirar melhor o ecletismo da decoração que combina estilo árabe com inglês. O serviço mantém-se exemplar.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
A poucas horas de partir, é tempo de espreitar uma vez mais a igreja, regressar ao jardim, recordar todas as experiências e anotar memórias gravadas no coração, sentir o aroma dos limoeiros e deixar-me abraçar pela serenidade Toscana. Junto ao varandim de pedra, contemplo uma vez mais a vista panorâmica até o olhar se perder.

Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
Relais La Suvera, villa renascentista Papa Julius II, fortaleza medieval Toscana, alojamento luxo Toscana
Relais La Suvera
Via della Suvera, 70
CAP 53031 - Pievescola Casole d'Elsa (Siena)
www.lasuvera.it

2 comentários:

  1. Que belo texto, que "bella" viagem! Fiquei mesmo com um desejo irreprimível de pernoitar em La Suvera...Já tomei nota ;) Até ao próximo post!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana: vais adorar certamente. É um ambiente muito campestre, ótimo para descansar mas também tem uma história muitíssimo interessante. Cada quarto é único e qual deles o mais incrível.

      Eliminar