14 de novembro de 2017

Aldeia Histórica de Marialva

A cerca de 10 quilómetros de Mêda, as ruas empedradas da aldeia histórica de Marialva levam-nos a tempos longínquos da nossa história mas também ao quotidiano das gentes da terra que tão bem sabem receber.

aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro
Todas as estações são boas para visitar a aldeia histórica de Marialva mas acho que o cinza da pedra combina bem com o tempo frio. Conhecer apenas a aldeia ou dormir nas magníficas Casas do Côro é por si só uma boa experiência mas incompleta se não se entrar na zona amuralhada.

aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro
Assim que atravessei  o portão de Marialva só conseguia pensar em subir às muralhas, procurar um ponto alto para uma vista sobre a planície. Ainda assim, ouvi a contextualização histórica do guia: os povos que aqui habitaram, a evolução do nome e a importância durante a formação do reino de Portugal. Percebi a sua localização estratégica, rodeada de rochas que naturalmente defendiam a cidadela e da relevância para os judeus no reinado de D. Manuel. Visitei a Igreja de Santiago e a Capela do Senhor dos Passos (teto maravilhoso)  mas foi no largo da praça, junto à cisterna e ao pelourinho (um dos mais bonitos, juntamente com o de Trancoso), que senti uma verdadeira emoção.

aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro
aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro
aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro
Talvez seja por das construções só restarem vestígios que ao percorrer os carreiros, começo a imaginar as casas erguidas com borralhos quentes e chaminés fumegantes. Vou entrando onde posso como se fosse uma convidada invisível a observar o quotidiano, ouvindo as mães que chamam ternurentamente os seus filhos, carros de bois com palha e vendedores com pregões. Demoro o mais possível nesta minha recriação imaginária, de tão boa que é.

aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro
aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro
Fora das muralhas, as ruas também têm histórias. No verão a aldeia vira um corrupio mas com o frio sempre se encontra alguém na praça a aquecer o corpo. A caminho da Capela de Santa Bárbara também me cruzo com um casal. Somos um povo hospitaleiro mas a minha costela beirã diz-me que cá sabemos receber muito bem. Fico um pouco à conversa, sobre o tempo, a terra, o frio. Pequenos nadas que significam tanto.

aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro
aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro
aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro
Encostada às paredes de pedra da capela contemplo a planície uma vez mais, sem pressas, sem ruídos, sem ninguém.

aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro
aldeia histórica de marialva, aldeias históricas de portugal, casas do côro

0 comentários:

Enviar um comentário