10 de outubro de 2017

Moinhos de Penacova

No concelho de Penacova existe um dos mais importantes núcleos molinológicos de Portugal. Em 2016 foi inaugurado o Museu do Moinho Vitorino Nemésio, um excelente complemento à visita.

Moinhos de Penacova, núcleo museológico de Penacova, museu do moinho Vitorino Nemésio, moinhos de Portugal
Faço o IP3 com alguma regularidade. Principalmente nas épocas festivas, é comum haver algumas filas que implicam abrandamentos ou mesmo paragens forçadas. Foi num desses momentos que reparei nos moinhos de Penacova. A imagem ficou-me retida na memória para averiguar do que se tratava. Descobri que existem vários, assim como o Museu do Moinho Vitorino Nemésio. A oportunidade de o conhecer surgiu após uma visita ao Buçaco. A estrada não é a melhor, com curva e contracurva e sempre sob arvoredo cerrado.
Mas nem tudo é mau. A existência de sinalética é um sinal positivo de que se quer atrair pessoas. Como é um sítio alto, a vista já vale o caminho. Há alguns bancos onde é possível sentar e deixar o olhar perder-se até à Serra da Estrela. Em dias de céu limpo, consegue ver-se a torre.
O Museu do Moinho Vitorino Nemésio está localizado na antiga casa de férias do Engenheiro Arantes de Oliveira. É pequeno mas um bom aproveitamento do espaço permitiu albergar quatro núcleos expositivos: os cereais, os moinhos de vento, os moinhos de água e moinhos manuais.

Moinhos de Penacova, núcleo museológico de Penacova, museu do moinho Vitorino Nemésio, moinhos de Portugal
O que desconhecia é que no final iria visitar um moinho ainda em funções: o antigo moinho de Vitorino Nemésio. Apesar de ser açoreano, estudou em Coimbra e trabalhou com uma senhora que morava no Carvalho. Sempre que a vinha visitar, subia à Portela. O seu amor aos moinhos fez-lhe dedicar passagens na sua obra, ser Presidente da Associação Portuguesa dos Amigos dos Moinhos e adquirir alguns para uso próprio. Este foi doado pela família à Câmara Municipal de Penacova, recuperado e hoje aberto ao público.

Moinhos de Penacova, núcleo museológico de Penacova, museu do moinho Vitorino Nemésio, moinhos de Portugal
Lá sigo pelo percurso, passando por outros moinhos que estão na posse de privados, onde até é possível pernoitar. Há uns que estão recuperados e muito bonitos, outros dá pena ver o seu estado.
O moinho de Vitorino Nemésio é dos últimos. Como já é fim de dia e não há luz elétrica no interior, apresso-me para ainda conseguir ver alguma coisa. Quando a porta se abre, sinto um forte cheiro próprio de estar fechado mas que rapidamente se dissipa. Com cuidado subo a escada de madeira e lá chego ao andar de cima. Tudo está operacional.

Moinhos de Penacova, núcleo museológico de Penacova, museu do moinho Vitorino Nemésio, moinhos de Portugal
Sem perder mais tempo, vou ainda visitar os moinhos de Gavinhos. Alguns estão bastante degradados mas também os há em reconstrução. Com o sol a desaparecer, o rosa funde-se com o azul, numa perspectiva diferente, sem filas.

Moinhos de Penacova, núcleo museológico de Penacova, museu do moinho Vitorino Nemésio, moinhos de Portugal

0 comentários:

Enviar um comentário