15 de junho de 2017

Lojas históricas de Madrid

Madrid é a capital europeia que mais vezes visitei. Comecei pelas grandes atrações mas a cada regresso procurei espaços mais autênticos e com menos turistas. Foi com este espírito que me perdi pelos bairros, falei com madrilenhos nas praças e fui conhecer algumas das lojas mais antigas de Madrid.

Lojas históricas de Madrid, lojas antigas de Madrid
Sempre achei as espanholas cheias de salero, com gostos por cores fortes, cabelos arranjados e bem maquilhadas. Principalmente nos dias festivos, como a Semana Santa, gostam de usar roupa típica, e as Capas Seseña, loja com mais de 100 anos, é um dos locais de eleição para encontrar modelos mais tradicionais ou com um toque de modernidade. A loja tem um atendimento exclusivo e talvez seja por isso que a família real espanhola, entre outras personalidades, aqui façam as suas compras.

Lojas históricas de Madrid, lojas antigas de Madrid
O leque usado por Letízia no seu casamento com Filipe foi comprado na Casa de Diego, que desde meados do século XIX se dedica ao comércio de leques, guarda chuvas, mantilhas e castanholas.
Na Casa Jiménez, fundada em 1923, encontrei os famosos xailes de Manila, muito associados ao flamenco, mas também usados noutras ocasiões.

Lojas históricas de Madrid, lojas antigas de Madrid
Com o calor à porta, fui procurar lojas de calçado para a estação e encontrei duas bem antigas. No bairro da Malasaña, perto da Plaza Dos de Mayo, na Antigua Casa Crespo, com mais de 150 anos, há alpercatas para todos os gostos, preços e tamanhos. São todas cozidas à mão e feitas a partir de materiais naturais.

Lojas históricas de Madrid, lojas antigas de Madrid
Eu gosto mais das da Casa Hernanz, perto da Plaza Mayor, mas a fila é de tal forma grande para entrar que apenas admiro os modelos na montra.
No bairro da Chueca, uma antiga loja de sementes de 1881 é hoje a Ótica Toscana, com óculos irreverentes e cheios de estilo. No entanto, os armários originais ainda se mantêm.
É sobejamente conhecido o gosto dos espanhóis pela comida, em especial tapas acompanhadas duma caña fresquinha. E Madrid orgulha-se de ter o restaurante mais antigo do mundo segundo o livro de recordes do Guiness. O Botín foi fundado em 1725, tem um aspeto rústico e apesar de pequeno, há filas para entrar. Um dos pratos típicos é o leitão assado.

Lojas históricas de Madrid, lojas antigas de Madrid
Muitos dos restaurantes, bares e tabernas em Madrid destacam-se pelas fachadas com azulejos. São tantas que é quase impossível enumerá-las todos mas destaco as que mais gostei: La Fontana de Oro, Los Gabrieles, Restaurante Viva Madrid, El Parnasillo del Príncipe, El Madroño ou Cerveceria La Cruz de Malta.

Lojas históricas de Madrid, lojas antigas de Madrid
Lojas históricas de Madrid, lojas antigas de Madrid
Perto das Puertas del Sol fica a Casa Mira, fundada em 1855. Mantém o fabrico do turrón de forma artesanal e é considerado um dos melhores de Espanha. A montra é mais apelativa do que interior da loja, que parece um pouco perdida no tempo, mas o que importa é a qualidade do produto e essa é inquestionável.

Lojas históricas de Madrid, lojas antigas de Madrid
Para um pequeno lanche, recomendo dois lugares. La Mallorquina, apesar de muito ruidosa, do tempo de espera e da pouca simpatia dos funcionários, tem uns bolos que valem mesmo a pena.

Lojas históricas de Madrid, lojas antigas de Madrid
Tive mais sorte na Chocolatería San Ginés: melhor atendimento e mais célere. Ao fim da tarde, quando o cansaço já se começa a notar, um chocolate quente com churros sabe mesmo bem. Aqui vêm pessoas de todo o mundo (lanchei junto de um grupo de japonesas), incluindo algumas figuras públicas cujas fotos estão espalhadas pelos dois pisos.

0 comentários:

Enviar um comentário