11 de novembro de 2016

O que visitar na Nazaré

A Nazaré é uma vila de tradições. A sua ligação ao mar ainda se perpetua na secagem do peixe, na recreação dos barcos típicos e nas bonecas tradicionais. Percorrendo as ruas facilmente sentimos o cheiro a peixe que convida a entrar nos inúmeros restaurantes. Mas é do alto do promontório que vemos a Nazaré em todo o seu esplendor.

O que visitar na Nazaré, pontos de interesse Nazaré, locais turísticos Nazaré
Na minha caixa de tesouros de criança guardo um postal com a representação da lenda de D. Fuas Roupinho. O meu pai contou-me aquela história inúmeras vezes mas sempre que lhe perguntava quando me levava à Nazaré, ouvia a voz discordante da minha mãe:
– Nem pensar levar os miúdos para o Sítio. Ainda caem.
Esta vila piscatória acabou por fazer parte do meu imaginário como um lugar fascinante e temerário. Mas uma das vantagens de ser adulta é poder tomar as minhas decisões, e após anos de espera, fui finalmente conhecer a Nazaré.
Encontrar um lugar para estacionar sem parquímetros requer tempo e paciência. Após percorrer várias ruas lá consigo encontrar um bem pertinho da secagem do peixe. Sob um sol que não dá tréguas, vestidas com os trajes típicos, as nazarenas arranjam ali mesmo o peixe que depois colocam a secar nos paneiros.

O que visitar na Nazaré, pontos de interesse Nazaré, locais turísticos Nazaré
Mesmo ao lado encontra-se a exposição de embarcações que contempla os barcos tradicionais de arte xávega, a barca “Mimosa” destinada ao transporte da sardinha para terra, sem esquecer a barca salva vidas “Nossa Senhora dos Aflitos”. Em frente fica a antiga lota, atualmente convertida no Centro Cultural da Nazaré. Foi transferida para o Porto de Abrigo onde, sob o olhar atento das gaivotas, há sempre pescadores a circular ou a preparar a próxima pescaria.

O que visitar na Nazaré, pontos de interesse Nazaré, locais turísticos Nazaré
O que visitar na Nazaré, pontos de interesse Nazaré, locais turísticos Nazaré
A marginal da Praia da Nazaré é dos lugares mais movimentados. De dimensão generosa, permite circular livremente e em segurança. De um lado temos o areal, do outro ficam os inúmeros espaços de restauração e comércio. Vendem de tudo um pouco, desde artigos destinados ao lazer na praia, até aos produtos ditos regionais. Para mim destaca-se uma loja, a Carbel Artesanato, não só pela seleção das peças, como pelo atendimento.
Mas o melhor são as várias senhoras que aqui passam horas sentadas com um cartaz a anunciar o aluguer de quartos, rooms, chambres, zimmer ou habitaciones com tv e wc privativo.
– Oh querida, tira lá uma foto que não me importa nada. – dizem-me animadas, enquanto me perguntam se não quero um saco de tremoços ou frutos secos.

O que visitar na Nazaré, pontos de interesse Nazaré, locais turísticos Nazaré
A manhã já vai longa e é tempo de procurar um lugar para almoçar. Durante a minha estadia na Nazaré experimento outros restaurantes mas nenhum se assemelha à qualidade da Taberna D' Adélia. Comecemos pela decoração que lembra um verdadeiro ambiente de pesca. Depois a exposição de peixe fresco à entrada, que os clientes escolhem quando chegam. O serviço é rápido e a comida muito saborosa. Provei o arroz de polvo e a cataplana de marisco, ambos muito bem confecionados. O cheesecake, servido num pequeno copo, foi o segundo melhor que já comi.

O que visitar na Nazaré, pontos de interesse Nazaré, locais turísticos Nazaré
De regresso à marginal, aproveito o sol até à Praça Manuel de Arriaga. Aqui concentram-se algumas bancas mas interessa-me o artesanato local. Olívia Chicharro veste há quarenta anos as bonecas típicas da Nazaré, com as suas roupas coloridas, sem esquecer as tradicionais sete saias.
Com a tarde a avançar, é o momento de conhecer o Sítio. Quando entro no Santuário de Nossa Senhora da Nazaré recuo no tempo. A imagem que durante anos vi num pequeno retângulo de papel estava diante mim: o milagre de D. Fuas Roupinho. Com a compra de um bilhete é possível visitar a sacristia onde se encontra a imagem de Nossa Senhora da Nazaré trazida de Mérida em 714.

O que visitar na Nazaré, pontos de interesse Nazaré, locais turísticos Nazaré
No Miradouro do Suberco contemplo finalmente a Nazaré no seu melhor: o casario branco, a marginal povoada de gente, a praia pintalgada e um mar de um azul surpreendente, que nada fica a dever a destinos mais exóticos. A Ermida da Memória é pequena de dimensão mas enorme em termos de valor patrimonial.

O que visitar na Nazaré, pontos de interesse Nazaré, locais turísticos Nazaré
A procura de recantos para novas vistas panorâmicas leva-me a descobrir a oficina de Joaquim Teixeira, que há mais de vinte anos se dedica a fazer miniaturas dos barcos típicos da Nazaré.
Sigo até ao canhão onde é possível avistar a agora famosa Praia do Norte e visitar o farol. O vento que se sente é de tal forma forte que cinco pessoas dentro do carro não o impedem de abanar.
De regresso à vila, ligam-se as luzes nas esplanadas da Praça Sousa Oliveira que em breve estarão cheias. Na praia, assisto a um bonito pôr do sol de outono. O verão já acabou.

O que visitar na Nazaré, pontos de interesse Nazaré, locais turísticos Nazaré

11 comentários:

  1. Gostei das dicas! Fiquei com vontade de conhecer. Parabéns pelo post!

    ResponderEliminar
  2. Que fotos incríveis! E que lugar lindo! É exatamente o tipo de viagem que adoro fazer. E esse pôr do sol?! UAU!

    ResponderEliminar
  3. Uau, que lugar lindo e que fotos maravilhosas! Fiquei morrendo de vontade de conhecer Nazaré! Um dia ainda irei percorrer Portugal de cima a baixo, assim espero :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Larissa: quando percorrer Portugal de norte a sul certamente vai adorar. É um país lindo!

      Eliminar
  4. Parabéns pelo artigo, documentou muito bem a cidade de Nazaré e até me deixou doida de vontade de conhece-la.

    ResponderEliminar
  5. Que lindo, só conheço Nazare pelas ondas gigantes (é aí né?). Adorava assistir os campeonatos de surfe em ondas gigantes. Excelente post.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, foi na Nazaré. Deve ser muito interessante mas também assustador.

      Eliminar
  6. Que lugar interessante, além de lindo é claro! adorei a foto do pôr-do-sol, merece sem dúvida uma visita! Sei que o artesanato típico é muito conhecido! :D

    ResponderEliminar
  7. Ainda não conheço Nazaré, mas achei bem interessante. Espero conhecer um dia. Essas fotos ficaram incríveis, amei e fiquei com vontade de ir até lá!

    ResponderEliminar
  8. Conheço Nazaré de nome pq costumava ver campeonato de surf hahaha! Esse cheiro de peixe não enjoa não? Mesmo assim da vontade de conhecer, parabéns pelo post

    ResponderEliminar
  9. Fotos lindíssimas. E adorei seu jeito de contar a viagem, quase um crônica, uma delícia de ler. Só me aumentou a vontade de retornar logo para Portugal, amo esse lugar.

    ResponderEliminar