18 de fevereiro de 2016

Almoço no The Yeatman Hotel

O almoço no The Yeatman Hotel é uma experiência gastronómica única, num ambiente requintado, com uma vista soberba para o Porto.

The Yeatman Hotel, Restaurante The Orangerie
Para finalizar a minha estadia no The Yeatman Hotel, nada melhor do que um almoço no restaurante The Orangerie. É a mesma sala onde tomei o pequeno almoço mas a esta hora está mais tranquila e parece ainda mais bonita. A receção é feita com um sorriso discreto e sugestão de uma mesa junto à janela, já que a vista para o Porto nunca cansa.
Com a entrega da carta, gera-se a indecisão do que escolher. Era óbvio que seria curta mas as sugestões são tão apelativas que demoro um pouco a decidir. Carne, peixe… porque não o faisão? Acabo por optar pelo jarret de vitela (32€).
Não sou grande consumidora de pão mas quando estou perante sabores diferentes gosto de experimentar. Começo por dois: o de azeitonas e alfarroba com avelã. Acompanho com azeite Quinta da Lagoalva e uma combinação de três tipos de manteigas.

The Yeatman Hotel, Restaurante The Orangerie
Como boas vindas do chef é servido um salmão com foie gras, canelone de sapateira com guacamole e abacate e um tártaro de atum com vitello tonnato e caviar. A apresentação é elegante, sobre elementos improváveis, como a rocha vulcânica.

The Yeatman Hotel, Restaurante The Orangerie
O prato principal não demora muito. O facto de servido à mesa perde a teatralidade que espero ver mas ganha em cuidado e atenção. A carne cozinhada lentamente estava repleta de sabor, com um toque delicioso de tomilho. Os gnocchis estavam absolutamente fantásticos e levaram-me a repetir. As cebolinhas, os cogumelos e espargos unem na perfeição.

The Yeatman Hotel, Restaurante The Orangerie
Na sobremesa há nova indecisão. Se a escolha fosse apenas minha, teria optado sem hesitações pelo leite creme, mas como a vou dividir porque já vai ser um excesso, aceito a sugestão do chocolate 72% (12€). Sou uma grande apreciadora de chocolate amargo mas achei  que nem a banana nem o crocante equilibraram a intensidade da ganache. O gelado era muito fresco e cremoso.

The Yeatman Hotel, Restaurante The Orangerie
A finalizar a refeição vem o café, acompanhado de mignardises: além do doce de amêndoa com creme de ovo e frutos secos, a trufa de chocolate estava perfeita.

The Yeatman Hotel, Restaurante The Orangerie
Aos Domingos o chef Ricardo Costa não se encontra no hotel mas é-me feito o convite para conhecer a cozinha. Nunca estive numa cozinha profissional desta dimensão mas posso garantir que tem tanto de emocionante como intimidante. É a cozinha principal do The Yeatman Hotel que dá apoio aos restaurantes, bar e room service. As boxes de preparação de carne, peixe e legumes encontram-se em limpeza já que estamos no fim do serviço. Uma experiência que não estava inicialmente prevista mas acabou por ser surpreendente. Resta-me só acrescentar que o serviço foi presente mas discreto, sem nada a apontar.

The Yeatman Hotel
Rua do Choupelo (Santa Marinha)
4400-088 Vila Nova de Gaia, Porto
http://www.the-yeatman-hotel.com/pt/

0 comentários:

Enviar um comentário