3 de novembro de 2015

A nova vida dos mercados: mercado da Ribeira

Mercado da Ribeira
Longe vai o tempo em que vinha ao mercado da Ribeira procurar algum produto específico. Foi aqui que comprei as primeiras bananas pão que cozinhei e onde encontrava com alguma facilidade as pastinacas, na altura ainda relativamente desconhecidas e difíceis de encontrar. Mas havia também o reverso da medalha: o espaço era demasiado grande para as bancas existentes, já para não falar de alguma degradação que apresentava.
A renovação trouxe-lhe uma nova vida… e que vida! Da primeira vez que o visitei faltavam mesas para o enorme afluxo de pessoas mas com o tempo foi sendo solucionado o problema. Não é que seja fácil encontrar uma, em especial se for um grupo, mas está melhor.
O mercado da Ribeira é o mais concorrido de todos e também o meu favorito. O que me atrai é a oferta num único espaço de propostas de alguns chef’s nacionais a preços mais acessíveis. E com tantas sugestões apetecíveis lá tenho de regressar de vez em quando.
No meu top 3 estão duas sugestões bem portuguesas: o polvo assado à lagareiro da chef Marlene Vieira e o bacalhau à brás do chef Miguel Castro e Silva. Mas no primeiro lugar do pódio está a barriga de porco com teriyaki e pak choi de um dos meus chef’s de eleição: Alexandre Silva.

Mercado da Ribeira
Mercado da Ribeira
Sobremesas há muitas mas continuo a achar que um gelado no Santini, seja verão ou inverno, fica sempre bem. E por mais sabores que surjam, o de manga tem sempre lugar cativo no meu copo.
No fim do repasto gosto de percorrer o espaço. Começo na banca dos frutos secos onde compro um crocante. Escolho sempre um pedaço pequeno porque já sei que desaparece em menos de uma esfregadela de olho. Há sempre três lugares de paragem obrigatória, não só pela oferta dos produtos mas também pela qualidade do atendimento: a Garrafeira Nacional, a Manteigaria Silva e a Conserveira de Lisboa.

Mercado da Ribeira
Mercado da Ribeira
A Vida Portuguesa é certamente uma aposta ganha mas apenas entro para ver. Os produtos que realmente gosto não estão aqui e por isso prefiro ir ao Intendente. A viagem à infância está sempre garantida.

Mercado da Ribeira
Mercado da Ribeira

0 comentários:

Enviar um comentário