14 de setembro de 2015

Hotel Vila Galé Albacora

No Algarve, em pleno Parque Natural da Ria Formosa, o antigo Arraial Ferreira Neto é hoje o hotel Vila Galé Albacora.

Hotel Vila Galé Albacora
O hotel Vila Galé Albacora é um lugar especial para mim. Foi aqui que fiquei na primeira viagem que fiz com o meu marido, atraídos pela história do lugar e por uma cidade que adoptamos como nossa: Tavira. Com o nascimento do nosso filho quis criar novas memórias e regressei para uns dias de descanso.
Após o check in podia ir diretamente para quarto onde já me colocaram a bagagem mas prefiro dar um pequeno passeio nas ruas do antigo Arraial Ferreira Neto. Já se passaram alguns anos mas acho-o ainda mais bonito. Quando entro no museu de pesca de atum e vejo as grandes âncoras penso no esforço e perigos a que estes homens estavam sujeitos. Saíam cedo com as suas camisas aos quadrados enquanto as mães ficavam a zelar pelos filhos, entre ais e orações, para que os maridos regressassem sãos e salvos ao lar.

Hotel Vila Galé Albacora
O meu quarto tem vista para a ria que posso admirar tranquilamente do pequeno pátio. Foi renovado recente e tem uma decoração sóbria e elegante. O melhor são as cortinas que cortam totalmente a luz.
A caminho da piscina passo pela antiga escola. Ainda mantém a bandeira de Portugal içada e foi aqui que os filhos dos antigos pescadores aprenderam as lições. Imagino um ambiente rígido, com as crianças de braço estendido a cantarem A Portuguesa, bem diferente do que agora oiço. Sempre sobre o olhar atento da equipa de animação, os filhos dos hóspedes desenham, jogam à bola, correm e recriam pescarias no pequeno barco, sem pensar nos perigos que tal tarefa acarreta.

Hotel Vila Galé Albacora
À tarde levanta-se sempre um pouco de vento mas sob os pinheiros é mais abrigado. Há várias famílias com filhos pequenos. Cruzamo-nos na piscina, às voltas entre espreguiçadeiras, quando ficam mais irrequietos. Há sempre a opção da piscina interior mas prefiro o ar livre e disfrutar do wi-fi gratuito em todas as zonas do hotel.
Chego cedo ao restaurante Salinas para jantar, o que me permite apreciar os painéis que decoram algumas paredes da sala, alusivos à pesca do atum. Para iniciar, passo pela mesa dos queijos, salmão fumado e saladas. A noite é dedicada ao mar e não faltam sugestões, como as amêijoas, os camarões e a grande cataplana, tudo preparado no momento. Nos doces há vários tipos de fruta, bolos e gelados, muito apreciados pelos mais novos.

Hotel Vila Galé Albacora
Sigo a música até à esplanada onde a equipa de animação ensaia coreografias com as crianças. Há pais que captam o momento para depois recordar mas alguns mais tímidos vão batendo o pé debaixo da mesa. É uma alegria vê-los felizes. À noite a piscina ganha outro encanto. Um enorme jato de água é projetado ao centro, que com as luzes, cria um efeito visual interessante.

Hotel Vila Galé Albacora
O dia amanhece com uma ligeira brisa. Ainda antes do pequeno-almoço calço os ténis e vou fazer uma corrida pelo Parque Natural da Ria Formosa. As gaivotas e os flamingos já por lá andam, entre pequenos voos e aterragens suaves. Vou parando, fotografando, retendo imagens. No meio da salina há um senhor a recolher sal. Meto-me pelo caminho estreito de terra e vou até ele, com quem acabo por ficar à conversa sobre o seu trabalho.
A partir das 9h da manhã há barcos exclusivos que saem do cais do hotel e levam os hóspedes para a Ilha de Tavira ou para a praia da Terra Estreita. Vou ficar pela piscina mas antes de regressar ao hotel Vila Galé Albacora vejo mais de perto o guindaste que era usado para puxar os atuns à chegada ao arraial. Hoje recorda a história deste lugar.

Hotel Vila Galé Albacora
Hotel Vila Galé Albacora
A meio da manhã é altura certa para uma escapadinha até à piscina interior, mais calma a esta hora e relaxar uns minutos no jacuzzi. Quando regresso oiço música. Está a preparar-se o ambiente para mais uma aula de hidroginástica. Os adultos lá vão ao início um pouco tímidos mas com a continuação acabam por participar e gostar. As crianças saltam e dançam, felizes com a animação.
O almoço é no restaurante Flor de Sal, mesmo junto à piscina. Há refeições mais leves, como bifanas, wraps e tostas mas também pratos mais compostos. Tendo em conta a história do hotel faz todo o sentido comer peixe, por isso escolho o atum grelhado. O ambiente é descontraído, bastante tranquilo e o atendimento muito simpático. Para encerrar, uma sobremesa que combina três das mais famosas iguarias algarvias: o figo, a alfarroba e a amêndoa. Tudo isto acompanhado por um copo de vinho Casa de Santa Vitória e as memórias da visita do ano passado.

Restaurante Flor de Sal; Hotel Vila Galé Albacora
É hora de regressar ao quarto. No terraço com vista para a ria aproveito para pôr a leitura em dia. De vez em quando levanto os olhos quando algum barco passa. São assim os dias calmos no hotel Vila Galé Albacora.

Hotel Vila Galé Albacora
Quatro Águas
8800-901 Tavira
www.vilagale.com

0 comentários:

Enviar um comentário