16 de abril de 2013

Rota do Vinho da Bairrada


Perto de Coimbra, Buçaco e Luso, a Curia é um lugar idílico para se viajar no tempo, remontando à década dos anos 20 do século passado. Mas ainda que seja um tentador convite ao descanso, é também uma excelente oportunidade para conhecer os vinhos da região da Bairrada.

Curia Palace Hotel; Curia; Hotéis na Bairrada

A luz da lua dá-nos a ideia de estarmos num filme de Hitchcock. Não há ninguém nas ruas mal iluminadas. Ainda no parque de estacionamento, espreitamos por uma janela: numa sala com mobiliário de outrora, apenas duas pessoas assistem a um jogo de futebol na televisão. Entramos no Curia Palace Hotel. No átrio existem mesas e cadeiras, um elevador, uma estação de correios e um bar. Dirigimo-nos ao nosso quarto por longos corredores sobre uma passadeira vermelha. Há um ambiente frio. O quarto,  remodelado pelo atelier Capinha Lopes, está decorado em tons de preto e branco é de excelente bom gosto e muito acolhedor. A casa de banho revela um luxo de outrora. Ao longe, ouvem-se os carris do comboio.

Na manhã seguinte acordamos com num silêncio absoluto. Rasgos de luz entram pela janela. Percorremos novamente os longos corredores solitários até ao pequeno almoço. O sol inunda a sala com uma farta mesa ao centro. Do lado esquerdo, vemos as mesas impecavelmente preparadas para o almoço. A escolha torna-se difícil perante a diversificada oferta. No regresso damos alguma atenção a fotografias antigas de hotéis do grupo, já para não esquecer os vitrais alusivos à região. Ouvimos disparos de máquinas fotográficas. O noivo faz a sua pose.

Curia Palace Hotel; Curia; Hotéis na Bairrada

O sol que começa a aquecer é o convite perfeito para conhecer melhor o exterior: os faisões, os jardins cuidados, a piscina com look vintage e o court de ténis. Quando se olha em volta e sobretudo para a fachada recordamos “O Grande Gatsby”, de Scott Fitzgerald.
Num lugar conhecido pelos benefícios das suas águas, não podemos deixar de visitar o Parque das Termas. Após procurarmos mais uma caixinha do Geocaching, percorremos o espaço que convida a uma caminhada com muita calma: circulamos à volta do lago artificial, um dos maiores da Península Ibérica, onde se pode dar um passeio de gaivota. Fazer jogging, passear com crianças ou aproveitar o bom tempo para fazer um piquenique são outras opções.

Parque das Termas; Curia; Parques na Bairrada

Mas a Bairrada é também conhecida pelos seus vinhos e na região são várias as quintas que os produzem. Começamos por visitar a Quinta do Encontro, em São Lourenço do Bairro, com uma adega moderna e uma forma peculiar: é completamente cilíndrica, podendo em qualquer ponto vislumbrar-se as vinhas em seu redor. No piso –1 ficam as cubas, no piso térreo, o restaurante e a loja e subindo ao primeiro andar, uma sala destinada a eventos. A paisagem a partir da varanda é imperdível.

Quinta do Encontro; Rota do Vinho da Bairrada; Enoturismo; Rotas do Vinho

E como era hora de almoço, nada como provar a outra iguaria típica da Bairrada: o leitão. Escolhemos o Restaurante Casa Vidal, em Aguada de Cima. O interior é simples e sem grandes elementos decorativos mas o leitão é de excelente qualidade: servido quente, com pele crocante e carne tenra e suculenta, acompanhado com batata frita e salada. Apesar de não sermos grandes amantes desta iguaria, esta casa merece com toda a certeza a distinção de servir o melhor leitão da zona.
E seguimos para o Aliança Underground Museum, em Sangalhos. As caves, além de conterem milhares de garrafas de vinho espumante, são também um espaço expositivo de várias coleções de arte pertencentes à Coleção Berardo. Talvez a mais impressionante seja a de minerais, proveniente maioritariamente do Brasil, não só pela dimensão mas também pela sua beleza. Passamos ainda pela zona de aguardentes vínicas, com dezenas de pipos empilhados. Para terminar, uma prova de vinho espumante. À saída, tempo ainda para algumas compras na loja, com preços mais acessíveis.

Aliança Underground Museum; Rota do Vinho da Bairrada; Enoturismo; Rotas do Vinho; Coleção Berardo

Saímos à pressa para a Adega Luís Pato, em Amoreira da Gândara, onde conhecemos a garrafeira pessoal e a cave, sendo também possível fazer provas de vinhos e almoços.


0 comentários:

Enviar um comentário