14 de janeiro de 2013

No Reino da Jordânia–Parte II

Petra, a cidade rosa


Saimos do Wadi Rum no início da tarde, debaixo de uma forte tempestade de areia. O calor era intenso e a visibilidade bastante reduzida. Felizmente não apanhamos este tempo durante as nossas caminhadas.

A viagem para Petra são cerca de 100 kms e fazem-se facilmente em hora e meia. Antes de começarmos a descer, ainda tivemos a sorte de ver o sol a pôr-se nas montanhas, a partir de um miradouro.

Após deixarmos a bagagem no hotel, fomos explorar um pouco a cidade e o guia sugeriu-nos os famosos banhos turcos de Petra, os quais, após aqueles dias de caminhada no Wadi Rum, iriam aliviar os músculos doridos. O serviço inclui um banho a vapor, esfoliação, massagem e no final, é-nos oferecido um chá.

Ao jantar provamos “Mensaf”, um ensopado de borrego com molho de iogurte, tipicamente beduíno, comido com as pontas dos dedos da mão direita e em mesas baixas. É muito bom, vale a pena experimentar.

O dia seguinte foi inteiramente dedicado a Petra, antiga capital do reino Nabateu: um dia longo e cansativo, pois todo o espaço arqueológico é feito inteiramente a pé. Para quem preferir, existem pequenas carroças ou burros que poderão ser alugados.

Petra, Jordânia, Jordan

Iniciamos o percurso através de um estreito desfiladeiro, o Siq, com cerca de 1 km de comprimento, em que alguns pontos não possuem mais de 3 m de largura.

Siq, Petra, Jordânia; The Treasury; Canyon; Jordan

Quase a chegar ao fim, começamos a vislumbrar entre os rochedos a fachada do Al Khazneh. Ao sairmos do desfiladeiro, podemos admirar a beleza da fachada deste “Tesouro” esculpido na pedra.


Este monumento é bastante conhecido por ter sido um dos locais de filmagem do filme “Indiana Jones e a Última Cruzada”, mas ao entrarmos não existia nada no seu interior, sendo que o seu tesouro está mesmo cá fora.

Al Khazneh. Tesouro, Petra, Jordânia, the Tresoury, Jordan

Al Khazneh. Tesouro, Petra, Jordânia, the Tresoury, Jordan

Estavamos apenas no início da visita a Petra e dali para a frente, todas as encostas estavam cheias de “Tesouros”, mas de menor dimensão. A vantagem deste tipo de pedra é ser muito macia, logo fácil de trabalhar, mas por outro lado, também se deteriora muito facilmente.

Petra, Jordânia, Jordan

Subimos ao monte Jebel al-Madhbah onde existem diversos altares destinados às cerimónias religiosas e sacrifícios aos deuses. Daqui tem-se uma das melhores vistas de Petra.

Petra, Jordânia, Jordan

Na descida, continuamos a ser deslumbrados pelas diversas habitações e túmulos escavados na rocha, algumas delas com o teto negro, pois foram usadas posteriormente como habitações.

Petra, Jordânia, Jordan

Após almoçarmos num restaurante que existe na zona central, iniciamos a subida para o Mosteiro por uma escadaria íngreme de pedra e caminhos sinuosos, sendo a parte final mais acentuada. Este percurso dura cerca de uma hora, pelo que devem descansar nos muitos lugares existentes.

Petra, Jordânia, Jordan

A seguir ao “Tesouro”, este é o monumento mais importante de Petra. Está muito bem esculpido, embora com muito menos decorações do que o Tesouro mas é maior. O nome Mosteiro talvez se deva à sua localização remota, mas foi provavelmente um templo Nabateu. Em frente há um pequeno café, onde se pode comer e descansar, enquanto se admira o monumento.

Petra, Jordânia, Jordan

Regressamos pelo mesmo caminho ao centro da cidade onde passamos pela avenida das colunas e conheçemos o grande templo Nabateu  do século I a.C. e um teatro ao ar livre, esculpido na rocha.

Petra, Jordânia, Jordan

Petra, Jordânia, Jordan

O resto da tarde foi passado a visitar outros templos na encosta oposta ao Mosteiro, igualmente de grande dimensão, mas com menor valor artístico, dado o seu estado devido à erosão.

Petra, Jordânia, Jordan

Depois do jantar, voltamos a Petra para o programa “Petra by Night”: atravessamos o desfiladeiro quase em silêncio absoluto, em que a única luz era de algumas velas colocadas em cavidades na rocha. Quando chegamos ao Tesouro, encontramos toda a praça com centenas de lanternas no chão e um concerto de rababa e flauta realizado por beduínos.

Petra by Night, Jordânia, Jordan


Em baixo encontra-se o mapa da viagem que fizemos pela Jordânia.

0 comentários:

Enviar um comentário