9 de janeiro de 2013

No Reino da Jordânia–Parte I

A visita à Jordânia fez parte de uma grande viagem que efetuamos pela agência de viagens de aventuras “Rotas do Vento”, que teve início na cidade do Cairo, no Egito, e terminou em Damasco, na Síria.

Chegamos à Jordânia de ferry, vindo de Nuweiba, no Egito, para a cidade portuária de Aqaba, na Jordânia. Demorámos cerca de 3 horas num “slow ferry”, um barco bastante confortável e espaçoso, com uma vista sobre o azul do Mar Vermelho deslumbrante.

Slow Ferry, Aqaba, Jordânia

Após as formalidades da alfândega, o guia jordano já se encontrava à nossa espera. Feitas as apresentações, entramos na carrinha e começamos a subir em direção ao parque Wadi Rum, uma viagem de cerca de 60 kms que durou 1 hora.


Wadi Rum

Ao chegarmos à entrada do parque, foi-nos apresentada a pessoa que iria ser responsável pela nossa estadia durante os 3 dias, bem como pelo acampamento e refeições. Um simpático beduíno, que falava pelos cotovelos, colocou as mochilas no tejadilho do Jeep e lá fomos nós.

Wadi Rum, Jordânia

Ainda passamos pela aldeia de Rum, onde se abasteceu de mantimentos e orgulhosamente nos disse que era o chefe de 4 famílias. Graças ao desenvolvimento turístico do parque, a aldeia possui escolas para meninos e meninas, algumas lojas e um posto médico.

Aldeia de Rum, Wadi Rum, Jordânia

À medida que vamos entrando no parque, apercebemo-nos o quanto este local é único, pelos imponentes promontórios rochosos, pelas montanhas e pela fina areia avermelhada.

Wadi Rum, Jordânia

O Wadi Rum é conhecido como “O Vale da Lua” e o nome Rum vem do aramaico que significa “alto”. Nos tempos pré-históricos, os Nabateus deixaram diversos vestígios, como pinturas  e inscrições na pedra.

Wadi Rum, Jordânia

Wadi Rum, Jordânia

No século XX, o Wadi Rum esteve ligado ao oficial britânico Lawrance, que tinha a sua base de operações na região, durante a revolta árabe de 1917-18. O filme “Lawrence da Arábia” foi aqui filmado.

Wadi Rum, Jordânia

Durante 3 dias, dormimos em grandes tendas “comunitárias” com pessoas de várias nacionalidades.

Wadi Rum, Jordânia

Começavamos bem cedo e passavamos o dia a caminhar pelo parque.

Wadi Rum, Jordânia

Wadi Rum, Jordânia

Wadi Rum, Jordânia

No final do dia, voltavamos ao acampamento, onde os beduínos nos recebiam com um chá de menta e nos preparavam o jantar. Era nesta altura que os vários grupos se juntavam e trocavam experiências. Aqui conhecemos duas militares inglesas, em serviço no Iraque, que aproveitaram os dias de folga para fazer um trekking, e nos contaram como é estar em cenário de guerra. As noites eram passadas à conversa, que quebravam o silêncio absoluto, sob um céu estrelado.

Wadi Rum, Jordânia

Em baixo encontra-se o mapa da viagem que fizemos pela Jordânia.

0 comentários:

Enviar um comentário